GRUPO DE CIDADANIA EMPRESARIAL


Desenvolvimento de programas socio-educativos.

Entre em contato e torne-se um parceiro do Grupo.

Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Inscreva-se para receber nossas informações e novidades.

Os cuidados contra as armadilhas dos megaeventos

Erick Castelhero

O aviso de insatisfação tem sido dado nas ruas de todo o Brasil. Indignada com descaso, irresponsabilidade, corrupção, má gestão, a população protesta e quer ser ouvida. A Copa das Confederações, que serviu de teste para a Fifa realizar a Copa do Mundo de 2014, funcionou também como megafone para o mundo saber dos nossas dificuldades.

Um outro problema que vem com a realização de megaeventos esportivos não pode passar silencioso. Por isso, a Fundação Abrinq já está fazendo a sua parte na luta contra o trabalho infantil. Uma cartilha de alerta sobre o aumento da prática ilegal foi estrategicamente lançada em 12 de junho, Dia Mundial do Combate ao Trabalho Infantil. O objetivo principal é orientar cidadãos a colaborar com denúncias. Exploração sexual e tráfico de drogas são os alvos mais preocupantes.

Ainda na pegada da falta de atenção dos governos, um estudante carioca aproveitou a experiência da visita à Ilha do Marajó para colocar em prática o seu lado empreendedor voluntário. Incomodado com o cenário precário de saúde, saneamento básico, energia elétrica e educação, Luiz Carlos Guedes trocou a Cidade Maravilhosa pelo município no norte do Pará e implantou seu trabalho contra o analfabetismo, diminuição da mortalidade infantil, adequação de hábitos alimentares e melhores condições de moradia. Tudo planejado para o desenvolvimento autossustentável das famílias. Linda lição de um adolescente!

Nesta edição, você vai conhecer também a importância dos trabalhadores da reciclagem; o projeto que capacita profissionais na montagem de aquecedores solares de baixo custo; e o engajamento de uma ONG que aproveita os engradados de refrigerantes e sua logística para combater a diarreia no Continente Africano.